terça-feira, 2 de outubro de 2012



ARMINDO GIL 

GRENOBLE RHÓNE ALPES
 FRANÇA

Na Pré Existência prometemos a Santíssima Trindade , que quando viesse-mos a terra íamos nos ajudar uns aos outros , pois sabíamos que só unidos em amor é que poderíamos , vencer o inimigo de toda a rectidão, e expulsa-lo deste planeta bonito que Deus criou para nos, Já o fizemos lá em cima, e também vamos faze-lo cá em baixo; E porquê ?
Porque fomos escolhidos nesta dispensação . Não estamos na terra nesta época por acaso. Por termos vivido mais tempo com o nosso Pai Celestial durante um longo tempo antes de vir para a terra , ele sabe tudo a nosso respeito : nossos pontos fortes e fracos , as coisas de que gostamos , ou não gostamos , a profundidade de nossa e testemunho, nosso talentos e capacidade , os sentimentos de nosso coração . Ele sabe como cada uma de nós pode usar esses pontos fortes e características para a edificação do reino de Deus neste últimos dias.
Fomos os filhos mais instruídos pelo pai Celestial para vencer a batalha que começou nos céus .

Esta dispensação; Es
ta geração eleita foi instruída pelo próprio Pai Celestial.
O profeta Ezra Taft Benson disse ; Durante quase 6000 mil anos Deus nos preparou para que aparecêsseis nos últimos dias antes da Segunda Vinda do Senhor .Cada dispensação anterior terminou em apostasia, mas a nossa não será assim.
Deus reservou para a parte final da batalha alguns de seus filhos mais fortes , que ajudarão o reino de Deus a triunfar.. É ai que tendes vosso papel a desempenhar, pois sois a geração que deve estar preparada para encontrar vosso Deus.
Em todas as épocas os profetas observaram nossos dias através dos corredores do tempo . Bilhões de pessoas de pessoas falecidas e aqueles que ainda vão nascer tem os olhos posto em nós . Não vos enganeis a esse respeito : NÒS somos uma geração marcada .
Fomos escolhidos PARA fazer o reino de Deus triunfar na terra: Nós somos o puzzle da vida Eterna, cada um de nós que ganhou um corpo é importante.
Fomos reservados para virdes a terra nesta era para um propósito especial. Não apenas alguns mas todos nós . Há coisas para cada um fazer que ninguém mais poderá realizar tão bem quanto nós…Se vós o permitirdes , testifico-vos que nosso Pai Celestial nos céus vos acompanhará pela jornada da vida, e por inspiração vos fará conhecer vosso propósito particular.
Presto o meu testemunho , assim como muito profetas o fizeram, que o livro de Mormon está a preparar uma nação para redimir os unos de coração , e só se entrelaçarmos os nosso corações uns nos outros é que jesus nos virá arrebatar.
Para terminar o meu testemunho sobre esta verdades eternas , leio as palavras do Elder John A. Widtsoe .

Na pré existência , no dia do grande conselho fizemos um acordo com o todo poderoso . O Senhor apresentou o plano um plano , concebido por ele . Nós o aceitamos .Uma vez que o plano se destina a todos os seres humanos , tornamos-mos parte da salvação de todas as pessoas atingidas pelo plano. Concordamos por ocasião do conselho , em ser Salvadores não só de nós próprios como , mensuravelmente , de toda a família humana . Tornamo-nos assim sócios do Senhor . A execução do plano tornou.se assim não só do Pai e do Salvador , mas também nosso . O menor de nós de nós . o mais humilde, e sócio do todo poderoso na concretização do propósito do plano eterno de Salvação.
Moisés 1:39

Pois eis que esta é a minha e minha glória:
Levar a efeito a imortalidade e avida eterna do homem.


EM NOME DE JESUS CRISTO, AMEN







sábado, 16 de abril de 2011


DOMINGOS FRANCISCO DA CONCEIÇÃO

IDADE: 32

NATURALIDADE: ANGOLA / KUANZA-SUL

RESIDENTE: PORTUGAL / LISBOA

OCUPAÇÃO: CANTOR, de nome artístico Dino George, tenho um cd single gravado e estou actualmente a trabalhar na gravação do meu cd.

ACTOR, de momento estou inscrito num grupo de teatro e já participei de algumas publicidades.

EMPREENDEDOR, terminei recentemente uma formação de empreendedorismo e estou a montar o meu próprio negócio na área dos transportes.

Trabalhador e estudante

Nasci de uma família humilde, religiosa e trabalhadora, em 1979 por consequência dos conflitos armados minha família foi obrigada a sair da província, Sumbe para Luanda.

Sou o primeiro de 8 filhos por parte da Mãe e o terceiro de outros 8 por parte do Pai.

Posto em Luanda a medida que fui crescendo minha Mãe incutiu-me os princípios da fé, foi então que frequentei a catequese e ia com frequência a igreja. (Católica)

Era um bom catecúmeno, assíduo e fazia muitas perguntas a catequista, tinha muita curiosidade em saber tudo sobre Deus e Jesus Cristo.

E assim foi.

A medida que fui crescendo o meu interesse pelo salvador também foi crescendo, e fui levado a conhecer a igreja assembleia de Deus, também frequentei esta denominação por algum tempo tendo desenvolvido o gosto pelo canto coral.

Quando adulto ainda frequentei O Reino Das Testemunhas de Jeová ai fiquei algum tempo pude aprender muito sobre a criação do mundo e a existência de um salvador, não cheguei a ser pregador porque não passei a entrevista com o ancião.

Em 1998 vim então para Portugal com a intenção de estudar Música e gravar um CD, a certa altura estava a ficar aflito porque não frequentava nenhuma igreja e sentia que me faltava algo.

E como estava a dedicar-me ao aprendizado da música certo dia ia ensaiar, levava a minha guitarra, no autocarro, um rapaz olhou para mim e veio ter comigo perguntando se eu queria formar uma banda com ele, ele chamava-se Paubel, o Paubel já conhecia os Élderes isto já em 2000, e certo dia ele saia de minha casa depois dos ensaios enquanto saiamos para a rua os Élderes iam a passar e ele apresentou-me os Élderes, e disse que ia ser bom para mim, eram os Élderes McCary e Humphries dos Estados Unidos, dois rapazes muito bons e amorosos, marcamos então um compromisso e na semana a seguir comecei a ouvir as palestras missionárias.

Duas semanas depois fui assistir a igreja, no ramo de Sacavém e era domingo de testemunho e neste mesmo dia prestei meu testemunho e a partir dai fui crescendo em conhecimento e fé.

Durante o processo de aprendizado pude sentir muitas vezes o espírito e compreendia claramente todos os princípios que eles me ensinavam.

No dia 2 de Julho de 2000 fui então baptizado pelo irmão barros na capela de Alverca e dai em diante tenho sido constante na fé.

De lembra também que durante o tempo em que estive a ouvir as palestras tive oposição por parte da família com quem morava pois era num quarto alugado e a certa altura a presença dos Élderes incomodava os donos da casa e acabei por receber o restante das palestras na casa do irmão barros. Depois também vim a saber que o meu amigo Paubel não era membro da igreja mas gostava debater a religião com os élderes e quando eu disse a ele que vou servir uma missão ele disse-me; então estás a levar isso muito a sério!

E eu disse, sim. E depois nunca mais o vi até hoje…

Um ano após o meu baptismo fui ao templo de Madrid onde fui fazer a investidura e em 2002 servi como Missionário de tempo integral na missão Portugal Lisboa, com o presidente Ronaldo da Costa e o Presidente Paulo Amorim.

Tendo terminado a missão permaneci em Portugal aonde me encontro actualmente.

Hoje sirvo no sumo conselho da estaca de Lisboa e como 1º conselheiro da escola dominical da ala em que assisto (ala Lisboa 5 Odivelas)

Tenho servido com zelo e muita dedicação meu testemunho está fundamentado sobre a rocha daquele que é poderoso para salvar Jesus Cristo.

Pretendo encontrar uma boa irmã e casar-me templo para toda a eternidade e continuar a servir o meu senhor. De 1998 a 2009 tive a oportunidade de visitar Angola duas vezes e gostei muito de lá estar e poder ver o crescimento da igreja entre o meu povo a minha nação, espero voltar lá e poder servir também entre os que já estão lá.

Este é o evangelho restaurado de Jesus Cristo, Joseph Smith foi um profeta de Deus, o sacerdócio foi restaurado com todas as chaves necessárias a nossa salvação o pai celestial ama-nos e quer que voltemos a sua presença, e ele não fará coisa alguma sem ter revelado o seu segredo aos seus servos os profetas.

Em nome de Jesus Cristo

amém.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

VITOR MANUEL

PORTUGUÊS (Loulé – Algarve)

EMPRESÁRIO

Sou membro da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias desde 25 de Agosto de 1985, fui um Missionário de Tempo Integral desde 11 de Novembro de 1986 e terminei em 10 Novembro de 1988, a minha primeira área na Missão foi em Setúbal depois em Guimarães e Santa Maria da Feira, Viseu e Porto servi no escritório da Missão.

O momento que eu mais gostei na minha vida como membro da Igreja, foi como Missionário, claro que já tive chamados na Igreja mas o de Missionário de Tempo Integral para mim foi um momento muito especial, poder ver vidas a transformar-se e também sentir o espírito do Senhor com uma intensidade que penso que os ex. Missionários e os actuais Missionários sabem o que eu estou a falar..., se pudesse voltava a fazer uma Missão, desde que saí de Missão já algumas pessoas se tornaram membros pela minha participação, devemos sempre estar em sintonia e abrir as nossas bocas e não ter vergonha de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com o nosso próximo.


Sou grato ao Pai Celestial pela oportunidade que me deu de vir à terra nesta última dispensação e por ter conhecido a Igreja de Jesus Cristo dos últimos Dias, sinto que me tenho transformado de dentro para fora, oro ao Pai Celestial para que sempre me dê discernimento para saber sempre distinguir o certo do errado e poder ajudar o meu próximo a trilhar os caminhos do Senhor, Alma 29:9 , sei que Joseph Smith foi um Profeta de Deus, o Livro de Mórmon é o Livro mais correcto à face da terra, o Profeta Thomas S. Monson é o Profeta de Deus, quando seguimos nossos lideres, estamos a seguir a Deus, sei que a Família unida e selada no templo e sermos merecedores dos mesmos é fundamental para podermos atingir a exaltação, presto o meu testemunho em nome de Jesus Cristo Ámen.

Posted by Picasa

sábado, 8 de janeiro de 2011

GLEYVERSON PIERROUT

ESTUDANTE

BRASILEIRO

Nasci na Igreja, entretanto a minha conversão demorou um pouco, como a maioria dos que nascem no seio do Evangelho.

Na escola, rua, entre amigos, eu era sempre o garoto diferente. Desculpa-me, com licença, obrigado, eram as palavras que saiam sempre da minha boca. Nasci e fui criado por bons pais.

Eu Vivia o Evangelho porque assim que era o modo adotado por minha família, principalmente a minha mãe. Quando as pessoas me perguntavam porque eu não tomava café ou alguma pergunta do tipo, na maioria das vezes eu dizia: [i]"não sei, apenas não faço uso disso. Eu aprendi assim."[/i]

Com o passar do tempo eu tive que sair debaixo das "asas da mãe", do seio familiar e foi aí que eu compreendi que todas as coisas as quais eu fazia ou que eu deixava de fazer tinha um fundamento. Não era apenas [i]não sei. Apenas faço ou deixo de fazer isso[/o]. Existia uma lei e consequências/bençãos.

Como sou um ótimo observador - pelo menos eu acredito nisso - comecei a examinar as pessoas que não conheciam o que eu conhecia. Umas tinham certa luz e outras pareciam não terem nenhuma. As que eu acreditavam que tinhas algum princípio, na verdade estavam com sede e fome do que eu sabia. E as que notavelmente mostravam não terem nenhuma experiência com Deus, ecoavam um vazio enorme na alma.

Aos poucos eu fui percebendo que as pessoas ficavam completas/alegres com uma simples verdade que eu falava, como: [i]Não chore! As famílias podem ser eternas[/i]. No caso de perda de um ente querido. Ou, [i]não estamos aqui de passagem. Devemos ser melhores cada dia mais, afim de que possamos viver novamente com Deus[/i]. Verdades simples e claras. Tudo o que eu cresci ouvindo.

Em meio as tentações e provações, coloquei em prova algumas leis divinas as quais não posso negar que fui altamente beneficiado. Senti uma alegria enorme e uma queimação no peito por ver que eu não estava sozinho, e que tudo o que eu fazia desde criança, era uma preparação para a vida adulta, assim como era o modelo divino a se seguir.

Abracei o Evangelho. Fazia divisões. Ensinava. Chorava com os que choravam. Me alegrava em ver milagres. Me encontrei!

Posted by Picasa

terça-feira, 8 de junho de 2010

DAVID KESSLER

NORTE-AMERICANO (Califórnia)

ESTUDANTE

O meu testemunho é bem simples, mas é uma coisa que tem um grande valor para mim. É simples porque o Evangelho de Jesus Cristo é simples.

Eu sei que Deus vive.

Eu sei que Ele nos ama.

Eu sei que Ele tem um plano para nós, e para todo o Mundo.

Eu sei que Deus nos ama tanto que nos deu o Seu filho para que todos possamos ser felizes.

Eu sei que Cristo expiou pelos nossos pecados, bem como pelos pecados de todo o mundo, tendo vencido o mundo para que nós pudéssemos ter paz.

Eu sei que o caminho da felicidade e paz nesta vida é o Evangelho.

Eu sei que cada pessoa no mundo que viva o Evangelho encontrará a felicidade agora e para sempre.

Eu sei que nós temos doze apostoles chamados por Deus.

Eu sei que Thomas S. Monson é um profeta de Deus e quando nós seguimos os conselhos dos apostoles e do profeta moderno, nós estamos a fazer a vontade do Senhor.

Viva o evangelho e você vai ser feliz ! Isto não significa que você não vai passar por dificuldades na vida, mas você vai entender porque e como nós podemos vencer nossas dificuldades, e isso é por intermédio do Senhor.

Em nome de Jesus Cristo

Amén

Posted by Picasa

sexta-feira, 28 de maio de 2010

THOMAS BARREIROS
BRASILEIRO
ESTUDANTE

“Ora, podes supor que isto seja tolice de minha parte; mas eis que te digo que é por meio de coisas pequenas e simples que as grandes são realizadas”

Alma 37:6

Esta escritura tornou-se real em minha vida. Sei que foi por causa das decisões que eu tomei na juventude que estou aqui agora.

Por meio de coisas pequenas são as grandes realizadas.

Nasci de bons pais no ano de 1989 e fui criado dentro dos laços de uma família amorosa. Amo meus pais e tudo que eles fizeram para mim. Amo também os líderes que me ajudaram na minha juventude.

Eu, porém, nem sempre quis servir uma missão. O mundo atraiu-me como jovem e pensava em vários momentos tomar outro rumo.

Foram nestes momentos de reflexão e indecisão, quando estava com 19 anos e a estagiar em Itália, sem frequentar muito a Igreja, que conheci um rapaz que me convidou para ir à sua despedida, dado que iria partir para missão. No início recusei, mas senti que deveria lá ir.

Durante a reunião ouvi vários testemunhos sobre a Obra Missionária e sobre a veracidade da Restauração. Senti meu peito arder dentro de mim e senti uma grande paz.

Quando meu amigo prestou um fervoroso testemunho, senti então um grande desejo de também servir uma missão. Foi naquele momento que soube que esta era a Igreja do Salvador e que eu tinha uma missão para cumprir. Tomei então a decisão de fazer tudo para poder servir uma missão de tempo integral.

A resolução que tomei naquele dia ajudou-me a ser quem sou hoje.

Sei que Jesus Cristo vive e que ele tem um grande amor por cada um de nós.

Sei que Ele me chamou para ajudar nesta grande Obra, para trazer almas a Deus e para servir o povo de Portugal.

E este é o testemunho que vos presto.

Em nome de Jesus Cristo

Amén

Posted by Picasa

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010











AMARO GRAÇA
PORTUGUÊS
ADMINISTRATIVO

Queridos amigos,
O Livro de Mórmon tem influenciado os nossos familiares mais do que qualquer outro livro.
Esta escritura é um relato dos afazeres de Deus entre Seu povo no continente americano, bem como do ministério de Jesus Cristo entre esse povo, após a Sua ressurreição na Palestina.
A exemplo da Bíblia, testificamos-lhe que o Livro de Mórmon é a palavra de Deus.
Cremos que à medida que o lerem e orarem ao Senhor em busca da confirmação de sua veracidade, Ele irá manifestá-la através do poder do Espírito Santo.

Sinceramente,
Família Graça

RUI BRAGA
PORTUGUÊS
EMPRESÁRIO

Num lindo dia de primavera, no ano de 1986, fui abordado por duas missionárias maravilhosas que me deram a conhecer a restauração do evangelho do Criador. A partir desse dia o percurso da minha vida mudou por completo. Ao saber que tínhamos profetas e apóstolos vivos, portadores do santo sacerdócio de Deus, que o “Livro de Mórmon” conjuntamente com a “Bíblia Sagrada” me permitiam ter acesso à plenitude do evangelho do Senhor Jesus Cristo, que poderia ser baptizado por alguém com autoridade de Deus para o acto, que poderia entrar num “Templo Sagrado” e fazer convénios para esta vida e para toda a eternidade, a minha vida passou a ter outro sentido. Os obstáculos não diminuíram, por vezes aumentaram, mas a forma de os encarar e ultrapassar com o auxílio divino, tornaram-nos mais leves.
Nos momentos de desânimo dobro os joelhos e oro ao meu Pai Celestial. Sei que Ele escuta as minhas orações, quando feitas com convicção e com fé em seu filho. Hoje sei que este é o tempo para nos prepararmos para o encontro com Deus e que se aprendermos os princípios doutrinários fundamentais do grande plano de felicidade, estudando as escrituras, ponderando-as e orando para compreendê-las, escutando as declarações inspiradas dos profetas antigos e modernos, podemos confirmar esses conselhos na mente e no coração. Orando a respeito e aplicando-o às situações especificas, pedindo ao Senhor que confirme as decisões que temos que tomar e depois aceitar a responsabilidade das mesmas, obedecendo aos sentimentos motivados pelos sussurros do Espírito Santo, esses sentimentos são resultado dos actos e pensamentos rectos e a determinação de conhecer a vontade do Senhor e vivê-la. Quem desenvolver o amor, a gratidão, a humildade, a obediência e tiver um coração quebrantado e um espírito contrito, certamente vencerá o mundo e um dia voltará à presença de um pai amoroso que habita nos céus e que espera ansiosamente a nossa chegada.
Disto eu testifico no sagrado nome de Jesus Cristo, Amem.

Irmão Rui Braga

ELIZABETE FERREIRA
PORTUGUESA
EDUCADORA

Chamo-me Elizabete Lopes Ferreira, Sou Portuguesa e tenho 33 anos. Sou Educadora Socioprofissional de Formação, mas na realidade a profissão que estou a exercer é a de Mãe (da qual gosto muito J ).

Conheci a Igreja através de uma irmã minha, que levou os Missionários a casa para mostrarem o filme da primeira visão do Profeta Joseph Smith. Na altura tinha somente 12 anos, era ainda uma criança, mas o Espírito do Senhor tocou-me de tal forma que nunca mais deixei a igreja. Fui baptizada no dia 20 de Outubro de 1985, e posso dizer que estes 21 anos como membro da igreja têm sido de muita aprendizagem e felicidade. No início, não posso dizer, que tinha um grande testemunho da igreja, gostava simplesmente de ir à igreja (sei que foi a forma do Espírito dizer-me que estava no caminho certo), nem sequer pensava em faltar um Domingo, entretanto a semente tinha sido plantada, fui nutrida pela boa palavra e por uma grande amiga (Fátima Ribeiro Graça), que me deu sempre todo o apoio e ajudou-me a ganhar um testemunho sólido do evangelho. Com o passar do tempo e com todos os ingredientes já mencionados a pequena semente tornou-se numa árvore muito forte (a qual espero que se torne uma árvore centenária).

Durante estes anos todos de Membro da igreja, fiz o programa das moças, uma missão (missão Portugal – Porto - 1994-96) e posteriormente fui selada, a uma pessoa muito especial e um portador digno do sacerdócio, no templo de Madrid.

Sem dúvida esta é a verdadeira igreja do Salvador Jesus Cristo aqui na terra. Tudo ao meu redor e todos os ensinamentos do evangelho teste ficam isso, não posso negar, é impossível. Quem procurar diligentemente poderá encontrar esta felicidade e a igreja restaurada na terra “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos últimos Dias”.

Sou de uma tamanha gratidão por saber que esta terra tem um profeta vivo, que nos ajuda neste caminho que nos leva de volta ao nosso Pai Celestial. Amo muito o Presidente Gordon B. Hinckley (profeta actual), pelo homem íntegro que ele é e pelo simples facto de ser um profeta de Deus. Sei que Cristo vive, Ele é meu Salvador e sou grata pelo Seu sacrifício expiatório que me permite voltar à presença do meu Pai Celestial. Sei que Eles me amam e não há nada mais confortante do que saber que tenho um Pai e um Irmão que torcem por mim, para eu voltar a viver com Eles e ser eternamente feliz. Sei que Deus ouve as minhas orações e responde da mesma forma. Uma das coisas que mais eu amo nos ensinamentos do verdadeiro evangelho é que as famílias são eternas, e que posso estar para sempre com o meu marido lindo e com as minhas filhotas, este é um ponto do evangelho do qual eu tenho um grande testemunho e sou feliz por saber acerca do Plano de Salvação de Deus, o qual nos dá todo este conhecimento.

O livro de Mórmon foi ordenado pelo Senhor para ser escrito e é verdadeiramente escrito por profetas de Deus. A verdadeira Igreja do Salvador está aqui na terra e foi restaurada pelo Profeta Joseph Smith, que realmente foi chamado por Deus para ser o profeta da restauração.

Amo o meu Salvador de todo o meu coração e ao meu Pai Celestial, as palavras jamais conseguirão expressar todo o amor que sinto por eles, por isso tento demonstrá-lo pelos actos.

Deixo este meu testemunho em nome de Jesus Cristo Ámen.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

DIANA VIEIRA

PORTUGUESA
ESTUDANTE

Sou membro da Igreja

desde que nasci, tive

sempre o testemunho da

minha mãe como grande

exemplo, até que obtive o

meu próprio testemunho.

Já senti o poder de Deus

inúmeras vezes em minha

vida, sei que Ele nos ama,

que nos protege, e nos

guia!

Sei realmente por mim

mesma, que a Igreja de

Jesus Cristo dos Santos dos

Últimos Dias é a única

Igreja verdadeira à face da

terra, e sou imensamente

grata por o nosso Salvador

Jesus Cristo ter dado a sua vida por nós.

O Livro de Mórmon é um grande tesouro nos dias de hoje, é através dele, que nós nos fortalecemos e ganhamos forças para enfrentar obstáculos que encontramos neste estado de provação. Nele contém a promessa para saber a sua veracidade e testifica também

a respeito de

Jesus Cristo.

Adoro ser uma moça SUD,

saber que sou uma filha de

nosso Pai Celestial que nos

ama, e nós O amamos e

que possuo uma natureza

divina!

E devíamos ter sempre

como lema em nosso

coração: “DEFENDER A

VERDADE E A

RETIDÃO!!!”

Com amor…

Diana Vieira

Vasco da Gama

Posted by Picasa

Domingos Gama
Português

Pescador

Minha filha deu à luz um lindo menino a que foi dado o nome de Diogo.É o seu primeiro filho e nosso terceiro neto. Infelizmente o menino nasceu com uma pequena anomalia na uretra, sendo que só uma intervenção cirúrgica seria a solução para a resolução do problema.
Minha filha durante três anos consultou diversos médicos, mas eles sempre adiavam. A princípio de mês para mês e depois de ano para ano e assim se passaram três anos.
Minha filha estava desesperada e chorava nos nossos ombros, dado que o problema do Diogo não se resolvia.
Minha esposa e eu conversámos e decidimos ir ao Templo, pois tínhamos o propósito para naquele local podermos vir a ser inspirados sobre o que fazer. Preparámo-nos espiritualmente, começando por ler mais vezes as escrituras, orarmos mais vezes em conjunto e jejuamos, após o que partimos para o Templo de Madrid.
Trabalhámos na Casa do Senhor e sentimo-nos felizes com as ordenanças que realizámos. Era grande o espírito que nos acompanhava.
A determinada altura, dirigimo-nos para a sala celestial e aí, em oração, colocámos a questão ao Pai sobre o motivo que nos preocupava. Quando acabámos e saímos daquele lugar sagrado, quer eu, quer minha esposa sentímo-nos felizes e radiantes, pois tivemos ambos o sentimento de que o Senhor tinha respondido às nossas orações no sentido de não nos preocuparmos, pois o Diogo iria ser chamado e operado e que tudo iria correr bem.
Quando estávamos de regresso a Portugal falamos, pelo telefone, com nossa filha, dizendo-lhe que tínhamos “conversado” com o Pai Celestial e qual tinha sido a sua resposta.
Nossa filha, ficou mais calma e cheia de esperança.
Nessa mesma semana minha filha recebeu uma carta para se apresentar no Hospital a uma nova médica. No mês seguinte o Diogo era operado.
A intervenção cirúrgica foi difícil mas correu bem. O Diogo foi considerado pelos médicos como o melhor paciente dos últimos três anos.
Se pensarmos que é difícil ter um testemunho de nosso Salvador Jesus Cristo estamos enganados… Basta procurá-Lo para obtermos esse testemunho

E disso eu testifico, em nome de Jesus Cristo

Ámen

Posted by Picasa

PAULA MOURA
PORTUGUESA
TÉCNICA DE TURISMO

Só há pouco fui baptizada, mas quero prestar testemunho e testificar o nome de Deus e de seu filho, o Senhor Jesus Cristo:

"Deus vive... Jesus Cristo vive!"

Mesmo depois de ter sido baptizada e recebido o Espírito Santo, continuei a ter as minhas "provaçõeszinhas" .

Uma delas até foi bem grave... Mas orei...persisti em orar e caminhar segundo o Evangelho...Às vezes "desafio" o próprio Deus, pedindo-lhe que ao atender minhas preces, testificaria que estava no caminho certo... E hoje , irmãos , digo:

"sei que Deus vive...que Jesus Cristo vive, e que esta é a Igreja Verdadeira!"

Deus tem ouvido minhas orações e sei que o Espírito Santo me acompanha todos os dias... Sinto-o, principalmente no seio de minha família, na minha casa. A Inês, de 5 anos, aprende a uma velocidade espantosa a palavra do Senhor. Diz que Jesus lhe sussurra ao ouvido aquilo que ela deve fazer e dizer. Prova disso são as suas orações. Nunca a vi ter tanta consciência das coisas deste mundo quanto mais do mundo espiritual... O meu marido também. Não é membro da Igreja, mas é quem acompanha e encaminha a Inês para as suas orações. Tanto na benção do alimento, às refeições, como na hora de ir dormir. Tenho fé que um dia sejamos mais uma família eterna...!!!

Outra prova de que Deus realmente me ama é que, aquando do meu baptismo, pedi-lhe que me ensinasse a andar... queria mudar, queria ouvir e aprender sua doutrina para assim ser feliz... Ele mais uma vez atendeu-me nesta minha sincera prece... Tive um chamado para ser Secretária da Primária. E ...meus irmãos... onde melhor se aprende a andar se não com aqueles que também dão os seus primeiros passos no caminho do Senhor? COM AS CRIANÇAS!

Que benção foi para mim.

Obrigada Senhor!

Quero deixar aqui o meu testemunho em nome de Jesus Cristo. Amém!

Posted by Picasa

CARMINA ABRANTES
Estaca Fort Lauderdale - USA
PORTUGUESA ( residente nos Estados Unidos)
DOMÉSTICA

Estou grata e não tenho palavras para expressar tanta gratidão, para agradecer ao meu Pai Celestial por ter tido a oportunidade de ter conhecido a igreja na altura certa. Meus filhos tinham 13 e 10 anos de idade, nela cresceram e com a ajuda do evangelho foram formando seu carácter, tendo sido sempre uns jovens exemplares.

Hoje com as famílias deles constituídas e casados no Templo para a eternidade, continuam fortes e firmes no evangelho.

Muitas são as bençãos que tenho recebido ao longo destes 22 anos que sou membro da igreja.

Jesus é tudo na minha vida pois sem Ele não sou nada !

Na vida, decepcionamo-nos com coisas e pessoas, mesmo com aquelas que maisamamos e confiamos. Mas com Ele nunca teremos decepções nem tristezas poisEle é só bondade e misericórdia. Perdoa-nos e guarda cada passo do nossocaminho...

O que me conforta em momentos de tristeza e solidão é saber que Ele está aomeu lado e testemunha tudo o que passo de bom e de ruim e sei que terei aminha recompensa sobre toda tristeza, pois Ele intercede por mim perante oPai e justifica-nos.

Ele é fiel e misericordioso e pode fazer infinitamente mais por mim que possa imaginar.

Pois está escrito: "nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem chegou aocoração do homem aquilo que Deus tem guardado para aqueles que o amam." ( I Coríntios )

Isto deixo com o meu coração sincero em nome de Jesus Cristo

Posted by Picasa

SANDRA PEDROSA
PORTUGUESA
ANIMADORA INFANTIL
O evangelho mudou muito a minha vida para melhor, ajudou-me a aproximar mais das pessoas e poder ajudá-las no que necessitavam. Graças a ele pude casar para a eternidade e ter uma vida digna.
Estou grata por ter conhecido a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Sei que é uma igreja verdadeira e que os seus ensinamentos são correctos e fazem sentido. Através dela, eu pude fazer genealogia pois antes eu não conhecia os meus antepassados, e tão pouco iria procurar por eles se não houvesse um propósito para isso. E sei que um dia irei encontrar todos os meus familiares que já faleceram.
Através dos mandamentos do Senhor eu tive muitas bênçãos, por obedecer aos princípios da palavra de sabedoria e da lei da castidade irei ter mais saúde, não terei doenças sexualmente transmissíveis nem gravidez indesejável, muito dificilmente terei cancro de pulmão, entre outros que o tabaco pode provocar, e dependência de álcool ou de café. Sou grata por ter recebido estes ensinamentos na minha vida e desde então tento sempre fazer boas escolhas, e o Senhor sempre me abençoa por isso.
Também sei que a oração é muito importante nas nossas vidas, pois sem elas não somos nada, porque não poderíamos comunicar com o Pai Celestial, a única forma de nos comunicarmos directamente com Ele é a oração. Ele ouve sempre as nossas orações e sempre nos ajuda no seu devido momento. Vou descrever uma situação que se passou comigo. O meu marido estava muito atarefado com o computador, porque o tinha desmanchado todo na tentativa de o consertar, e após colocar tudo no sítio, ele ligou o computador e não funcionava, depois voltou a desmanchar e ficou tudo no sítio, voltou a ligar e nada a funcionar. Ele já estava aborrecido pois já andava há várias horas naquilo, monta e desmonta e não tinha proveito da situação pois o computador não queria funcionar. Então foi quando perguntei se ele já tinha orado ele disse que não, então nós oramos, em seguida ele carregou no botão do computador e o computador voltou a funcionar. Foi fantástico. As orações fazem diferença nas nossas vidas, é incrível mas é verdade, nós devemos sempre orar e confiar no Senhor.
Com o evangelho aprendi a doar uma décima parte dos meus ganhos. E o Senhor promete-nos ajudar sempre, se nós o praticarmos com fé. Eu sei que se doarmos sempre o dízimo honesto, nós teremos sempre bênçãos, podem ser materiais ou espirituais. Ele ajuda-nos sempre, o dinheiro chega para pagar as despesas e às vezes ainda sobra. Ele também nos abençoa com mais trabalho, isso é óptimo.
Ele quer que nós sejamos felizes aqui na Terra e para isso Ele ajuda-nos, e nós só temos de seguir os Seus princípios e ensinamentos.
Por tudo isto sou grata, o evangelho mudou a minha vida e a maneira de ver as coisas, deu-me uma oportunidade de poder crescer espiritualmente, e ajudou e continua a ajudar a fortalecer a minha família.
Este é o testemunho que partilho convosco.
Em nome de Jesus Cristo

ALEXANDRA DOMINGUES
PORTUGUESA ( a residir nos Estados Unidos)
PROFESSORA

É com muito prazer que escrevo o meu testemunho acerca da veracidade da igreja à qual pertenço.

Baptizei-me na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, no dia 27 de Novembro de 1983, conheci a igreja um mês antes e fui ensinada pelos missionários. Durante o período em que me ensinaram os princípios e as doutrinas do evangelho pude claramente perceber de que se tratava de algo muito importante e crucial para a minha vida. Foi-me colocado o desafio, pelos missionários, de perguntar a Deus se as coisas sobre as quais os missionários falavam, eram verdadeiras ou não, e que eu soubesse por mim mesma a resposta. Acedi com obediência ao desafio colocado, e a resposta foi clara e cristalina de que eu deveria aceitar o evangelho e seguir com amor tudo aquilo que o Pai Celestial esperava de mim. Na primeira palestra, ensinada pelos missionários, senti distintamente, que estava na presença de designatários de Cristo e eu não o podia negar e não queria faze-lo. O dia do meu baptismo, recordo-o com muito carinho porque sei sem qualquer duvida de que foi o início mais importante da minha vida, a seguir ao meu nascimento aqui na terra. Fazer parte da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, tem sido uma honra para mim, receber o legado conquistado e deixado pelos pioneiros que tanto sofreram para que hoje possamos usufruir de tudo o que temos. Joseph Smith foi e é um profeta de Deus, não estive fisicamente presente aquando da visita do Pai e do Filho ao pequeno rapaz de 14 anos no bosque sagrado, mas sei e testifico de que realmente aconteceu. A restauração da Igreja na terra, foi um acontecimento de extrema importância para todos nós, as famílias podem realmente ficar juntas para sempre, convénios individuais podem ser feitos para a salvação de todos nos templos do Senhor.

Viver aqui nesta mortalidade apresenta muitos desafios e não e fácil, mas eu testifico de que o Salvador e real e que Ele vive, está sempre disposto e disponível para nos ajudar se tão somente fizermos a nossa parte que é – obedecer. Sinto-me muito grata pela oportunidade que nos foi dada de vivermos aqui, de sentirmos aqui, de entendermos aqui todas as coisas que nos propusemos a viver, sentir e entender, antes de virmos a esta terra. Testifico de que a plenitude do evangelho está presente entre nós hoje em dia, esforçarmo-nos por vive-lo é a única forma de garantirmos a nossa presença na eternidade, junto de todos aqueles que amamos. Presto testemunho, de que a decisão de me baptizar aos 17 anos, influenciou grandemente a minha vida, de tal forma que posso afirmar que tudo o que nela acontece está directamente ligado a esse momento de conversão a Cristo. Gostaria de desejar a todos aqueles que procuram de forma honesta e sincera, saber e conhecer a verdade, que a encontrem e que os céus se abram e lhes dêem o testemunho de que Cristo vive, que Deus vive e de que o evangelho é o único verdadeiro padrão de felicidade. Sei que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a igreja de Cristo, e solenemente disso presto testemunho. Em nome de Cristo. Ámen.

Posted by Picasa

LUÍS ANDRADE VAZ
PORTUGUÊS
CONSULTOR SÉNIOR TI
Gostaria de centrar esta minha partilha
de sentimentos num conjunto de
assuntos; primeiramente falo de algo
que tornou este momento possível, o
estar aqui a partilhar convosco estas
linhas e que continua a permitir o forte
progresso da pregação do Evangelho em
todo o mundo:
“Sim, eis que eu te falarei em tua mente
e em teu coração, pelo Espírito Santo
que virá sobre ti e que habitará em teu
coração.
Ora, eis que este é o espírito de
revelação;”
(Doutrina e Convénios | Secção 8:2 - 3)
Sei que o profeta Joseph Smith viu
Deus, o Pai e Seu Filho, Jesus Cristo,
num belo e claro dia, no início da
primavera de 1820, tal como se
estivesse ajoelhado ao seu lado naquela
manhã.
Sei que o Livro de Mórmon é um Livro
de Escrituras Sagradas comparável à
Bíblia, que foi traduzido pelo profeta
Joseph Smith pelo Dom e Poder de
Deus.
Convido a todos aqueles a quem estas
palavras chegarem a lerem o Livro de
Mórmon, ponderarem no coração a
mensagem que ele contém e depois
perguntarem a Deus, o Pai Eterno, em
nome de Cristo, se o livro é verdadeiro
(Ver Morôni 10:3 – 5, pág.618 Livro
Mórmon).
Este é um dos frutos apresentados pelo
profeta do Senhor, e por ele e por meio
dele, nosso Deus e nosso Pai Eterno
restaurou muitas grandes e importantes
verdades pertencentes ao Reino de
Deus.
O poder do Sacerdócio, foi restaurado
por intermédio do profeta Joseph Smith:
“…Todos os convénios, contratos,
vínculos, compromissos, juramentos,
votos, práticas, ligações, associações
ou expectativas que não forem feitos
nem acertados nem selados pelo Santo
Espírito da promessa, tanto para esta
vida como para toda a eternidade, por
meio daquele que foi ungido e isso
também de maneira muito sagrada, por
revelação e mandamento, por meio de
meu ungido, a quem designei na Terra
para possuir esse poder (e designei meu
servo Joseph para possuir esse poder
nos últimos dias – e nunca há mais que
um, na Terra, ao mesmo tempo, a quem
esse poder e as chaves desse sacerdócio
são conferidas) não terão eficácia,
virtude ou vigor algum na ressurreição
dos mortos nem depois dela; porque
todos os contratos que não são
realizados com esse propósito têm fim
quando os homens morrem.”
(Doutrina e Convénios | Secção 132:7)
Sei que A Igreja de Jesus Cristo dos
Santos dos Últimos Dias é o reino de
Deus estabelecido na terra em
preparação para a Segunda Vinda do
Messias. Que esta é a única igreja
verdadeira e Viva, que contém todos os
preceitos e doutrinas que podem
conduzir a humanidade para e
verdadeira Felicidade nesta vida, e
salvação no Reino de Deus.
Sei que estas coisas são verdadeiras e
presto testemunho pessoal delas no
sagrado nome de nosso Salvador e
Redentor, mesmo o Senhor Jesus Cristo,
Ámen.

CRISTINA MELO

PORTUGUESA

OPERÁRIA FABRIL

Não consigo imaginar a minha vida sem o evangelho.
Inicialmente tomei conhecimento da existência da Igreja através de duas grandes amigas, mas eu nunca quis saber, até ao dia em que dois missionários bateram à minha porta, e o meu pai disse-lhes para passarem mais tarde, porque eu não me encontrava em casa, e assim foi, mais tarde os missionários voltaram e o meu pai mandou-os entrar, mas eu é que ouvi a mensagem, conjuntamente com minha mãe. Hoje sou muito grata por o meu pai os ter mandado voltar e já se passaram 19 anos desde que abracei o evangelho de Jesus Cristo.
Sei que Jesus Cristo vive e que Ele é meu salvador, Deus o Pai é um pai amoroso, bondoso e misericordioso, sem o amor e perdão Dele a vida não tinha sentido para mim. As famílias são eternas sinto isso no meu coração , e quão grata sou por estar a educar as minhas duas queridas filhas dentro do maravilhoso evangelho.
Sei que o poder da oração é real, através dela recebo orientação, revelação e muito conforto para minha vida e de minha família. Não há um outro caminho que nos leve de volta a nosso lar celestial, a não ser o evangelho de Jesus Cristo.
O Liivro de Mórmon é verdadeiro.

Temos um profeta vivo que nos guia de acordo com a vontade do Senhor.
Eu amo o meu Salvador,
Em nome de Jesus Cristo, Ámen.

Posted by Picasa

ANA GASPAR
PORTUGUESA
PROFESSORA

Eu sei que esta é a única Igreja verdadeira à face da Terra. Que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, foi restaurada por Ele através de Joseph Smith o seu profeta da restauração.

Sei que é ele que dirige por meio de revelação através do seu profeta actual Gordon B. Hinckley.

Sei que Cristo e o Pai Celestial vivem que nos amam e cuidam de nós, que estão sempre de braços abertos para receber todos aqueles que os buscam com sinceridade, que Ele tem todas as respostas para trazer felicidade nesta vida e na vida futura.

Foi aqui que encontrei as respostas para as grandes questões existenciais que à muito procurava: quem sou, donde vim e que faço aqui nesta Terra e para onde vou quando terminar a minha vida terrena.

Esta curta mensagem encerra a essência do meu testemunho da Igreja a que pertenço, tornando-o público com a intenção de que possa vir a ser útil a quem o possa vir a ler.

E isto eu digo em nome de Jesus Cristo, Ámen

Posted by Picasa

PEDRO ALBUQUERQUE

PORTUGUÊS

DELEGADO DE INFORMAÇÃO MÉDICA

Agradeço a Deus profundamente pelo dia em que conheci a minha esposa que me deu a conhecer a Igreja na minha adolescência.

O Livro de Mórmon conseguiu tocar o meu coração e a minha vida mudou 180º.

Reconheci que a mensagem da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é verdadeira e maravilhosa e descobri isso por mim mesmo.

Tive a oportunidade de compartilhar esta mesma mensagem com outras pessoas por dois anos da minha vida o que aumentou a minha certeza acerca da pureza e verdade desta Igreja e dos seus maravilhosos ensinamentos.

Convido qualquer pessoa em qualquer parte do mundo a experimentar contactar com missionários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e sentir a influência da sua mensagem nos seus corações e prometo-lhes que suas vidas não serão as mesmas.

Posted by Picasa

VERA DELGADO
PORTUGUESA
ADMINISTRATIVA COMERCIAL


Há pouco tempo atrás, estava a conversar com os missionários, e como sempre, pediram-me ajuda com referências. Eu, sem mais demora, disse-lhes que não era possível neste momento partilhar o evangelho com alguém, pois estava a passar por muitas provações, e assim, não tinha nada de positivo para chamar a atenção de alguém. Ou seja, não podia falar das bênçãos de pertencer à verdadeira igreja de Cristo se eu própria não me sentia abençoada.
Lógico que essas palavras não caíram muito bem na minha mente. Fiquei algum tempo a ponderar se realmente o que tinha dito estava correcto. Se não estava bem, porque ainda continuava activa na igreja? Qual é então a base do meu testemunho, serão as bênçãos que recebo ao fazer o que é certo? E quando fazemos o que é certo, e tudo corre mal na nossa vida? Job fez o que era certo, o próprio Cristo também, e a vida deles foi melhor do que a minha? Será que, por alguns instantes ficaram calados quando tiveram a oportunidade de partilhar o evangelho com alguém, só porque estavam a passar por provações?

Qual foi o verdadeiro motivo da minha conversão? O que me prende ainda na igreja?
Esta é a história do meu testemunho de como começou e como está agora.

1. O que me atraiu na igreja?

Gosto muito de Historia. Pois, vivendo num país dominado na sua maioria por “Velhos do Restelo”, sendo eu própria um deles, delicio-me com o estudo dos grandes conquistadores e descobridores que foram “...por mares nunca antes navegados”.



Gosto também de estudar as grandes batalhas e as estratégias dos grandes senhores da guerra. As qualidades que mais admiro são a ousadia e a coragem. Honro aqueles que marcam a diferença, que conseguem contrariar resultados, desafiando o próprio destino, como os grandes reis e governantes e até mesmo os gestores de uma organização.
Deus sabia desde o princípio que esta seria a maneira de me atrair para a igreja.

2. Como foi despertado o desejo?

A convite de uma amiga da minha Mãe, os meus pais visitaram a igreja. No dia seguinte os Elderes bateram na minha porta.
Levei cerca de 6 meses a investigar a igreja. Foram quase 6 meses a falar mais do que ouvia. E o que ouvia era: uma bíblia AMERICANA, um rapaz AMERICANO viu Deus e Jesus Cristo e anjos em pleno Nova York, Jesus Cristo apareceu nas AMERICAS – não soava mesmo nada bem.
E quando naquela 5ª feira a noite, resolvi calar e ouvir a mensagem dos Elderes, fui batizada na manhã do Sábado seguinte.
Tudo porque comecei a reparar mais nos elders, e a pergunta que me vinha à mente era: - O que faz com que jovens como estes, bem parecidos, no seu juízo normal, deixem a família, namoradas e amigos, os seus estudos ou trabalho, a sua vida social e virem para um país estranho, bater de porta em porta, aturar maus tratos e insultos sem ganhar um tostão, e pior, e continuarem felizes?
A resposta era sempre a mesma que me vinha à mente: Só poderá ser por uma grande causa. Eles realmente marcavam a diferença.

3. Como foi plantada a semente?

Fui batizada em Outubro de 1986. Naquela altura, a extinta Ala III de Lisboa, tinha cerca de 15 jovens dos 14 aos 20 anos. Eram muito unidos. Falavam com muita autoridade e convicção. Não bebiam, não fumavam e não usavam drogas, mas eram divertidos, loucos, davam nas vistas sempre dentro dos limites dos padrões da igreja.
Eram tão ousados, que quando almoçavam nos centros comerciais, cheios de gente, um deles abençoava o alimento em voz alta e surpreendiam toda a gente quando respondiam Amém.
Marcavam a diferença, desafiavam o próprio destino, e eram felizes.

4. Como criou raiz?

Na igreja ensinava-se (e ensina-se) o evangelho em todas as frentes: no Seminário, Instituto e nas Reuniões Dominicais. A palavra de ordem, e como ainda hoje, era Ler, Ponderar e Orar.


Encontrei nas escrituras livros mágicos que respondiam a todas as minhas questões, adaptavam-se ao meu perfil e consolavam-me nas horas de angústia.
Descobri uma igreja que desmistificou o Deus duro, castigador e justiceiro do Velho Testamento, ousando referir que Ele é um homem semelhante a nós, de carne e osso, que existe a hipótese de deixar de ser Deus, perdendo a sua glória e honra, se por uns instantes usar a misericórdia em lugar da justiça (Alma 42) e isto era possível de acontecer, pois há um testemunho que o próprio Deus foi visto a chorar quando teve que aplicar a sua justiça (Moisés 7: 23-40).
Conheci Cristo, e como Ele se voluntariou para o sacrifício Expiatório, ser o braço da misericórdia, para que Deus conservasse a sua glória e honra e trazer de volta toda a família humana.
Finalmente tinha encontrado a verdadeira razão para marcar a diferença, desafiar o destino e ser feliz.

5. Como foi alimentado?

Ao ler a história da restauração da igreja, Joseph Smith deixou de ser aquele rapazinho Americano que tinha visões e passou a ser O Profeta. Conhecer tudo o que ele e os pioneiros viveram em nome do evangelho, fortaleceu-me muito mais. Impressionou-me o episódio em que ele numa noite foi atacado e coberto com alcatrão e penas, e na manhã seguinte lá estava ele com a pele descarnada, vestido a preceito para dirigir uma reunião. E os pioneiros que foram expulsos das suas próprias terras, tiveram que viajar milhas intermináveis, cruzando montanhas cobertas de neve e rios gelados, perderam familiares, entes queridos e membros do próprio corpo. Não murmuraram e nem amaldiçoaram ninguém, deram somente louvor a Deus.
Pessoas que marcaram a diferença, contrariaram resultados e conquistaram a felicidade.




6. Como brotou?

Tive a oportunidade de servir uma missão de tempo integral, de Março 1992 a Setembro de 1993 em Lisboa Norte.
Foi o tempo de pôr em pratica todos os meus ensinamentos que tinha adquirido até a data. Aprendi a reconhecer o Espírito Santo. Eu não imaginava que havia tanto poder em mim. Vi milagres acontecerem e por varias vezes senti a presença dos anjos a ajudar-me.
Finalmente marcava a diferença, desafiava o próprio destino, contrariava resultados e aprendia a ser feliz.

7. Como resiste até agora?

Durante estes 21 anos da igreja, tenho visto coisas maravilhosas e conhecido pessoas espectaculares.
A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é uma grande organização, a maior do mundo, pois é a única que continuará para além dos limites desta vida.
Fico maravilhada quando contemplo a obra de Deus aqui na terra. Sou tão grata pela existência de locais tão sagrados como os Templos.
Sinto-me honrada em pertencer a uma congregação de 12 milhões de pessoas (o mesmo número que a população de Portugal) que nas conferências gerais cantam em uma só voz e respondam em uníssono o Amem depois das orações.
Não há momentos mais edificantes do que ouvir em directo os ensinamentos dos profetas e das outras autoridades gerais.
Actualmente, os meus heróis saltaram dos livros, telas e ecrãs e andam lado a lado comigo. São pessoas tentadas, desafiadas e provadas, mas que caem sempre de pé. Gente que atingiu o mais honrado dom de Cristo – a longanimidade.
Não têm vidas fáceis, mas cada Domingo, ungem a cabeça, lavam os seus rostos e lá estão reflectindo uma luz que ultrapassa a beleza dos lírios do campo. São eles os Torres, os Esteves, os Santos, os Picanços, os Caleiras, os Mirandas, os Almeidas, os Cândidos, os Castros, os Martins, os Lemes, os Silvas e Sousas desta Terra que corajosamente, têm marcado a diferença, contrariado resultados, desafiado o próprio destino e têm me ajudado a ser feliz.



O meu testemunho no fundo resume-se no seguinte: Eu sei que Deus vive, Jesus Cristo é o nosso Salvador, Joseph Smith teve aquelas visões tal como relatou, O livro de Mórmon é a palavra de Deus, Gordon B. Hinckley é um profeta de Deus e a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a única verdadeira sobre Terra. Em nome de Cristo. Amem.

LINDA DUARTE
PORTUGUESA
EDUCADORA INFANTIL


"Lembro-me de no início, quando me baptizei, ouvir alguns testemunhos nos primeiros Domingos de cada mês e que esses testemunhos me fortaleciam e ajudavam a sentir o Espírito. Por incrível que pareça, algumas dessas pessoas já se afastaram da Igreja há muitos anos, mas os seus testemunhos ficaram gravados em mim.
Eu achava incrível como é que as pessoas se atreviam a dizer que sabiam que esta era a Igreja verdadeira. Ao baptizar-me sentia que estava no caminho certo, mas nunca conseguia dizer de coração que tinha a certeza de que esta era a Igreja verdadeira, apesar de reconhecer que era a única que queria seguir.
Depois de muitos altos e baixos na minha espiritualidade, ao longo destes 27 anos na Igreja, finalmente consigo dizer sem dúvidas que sei que esta é a única Igreja verdadeira sobre a Terra, este é o único caminho para recebermos a plenitude de todas as coisas e o Pai Celestial e Jesus Cristo vivem. Eles são o meu farol juntamente com o Espírito Santo que me indica constantemente o caminho a seguir.
É maravilhoso sentir o amor que o Pai Celestial tem por mim e reconhecer que somos todos importantes e que basta bater para que a Sua porta se abra.
Sei por experiência própria que se pusermos à prova todos os mandamentos, receberemos um real testemunho de cada um. Para ganharmos esse testemunho temos que acreditar que a fé sem obras é morta e que se dissermos que temos fé, mas duvidarmos que seremos realmente abençoados através do pagamento do dízimo, ou por guardar o dia do Senhor, ou por sacrificar o nosso tempo no serviço ao próximo, etc, etc, então estamos iludindo-nos a nós próprios, tapando o sol com a peneira, porque a fé verdadeira impele-nos a servir no reino de Deus em todos os momentos e em qualquer lugar onde estivermos, sejam quais forem as nossas circunstâncias.
Ganhei um forte testemunho sobre o serviço ao próximo quando experimentei a sensação de que quanto mais me empenho em servir, o tempo que me resta para a minha vida pessoal é gasto de forma inteligente e proveitosa, deixando-me emocionalmente mais segura e confiante.
Também sinto que a palavra de sabedoria está relacionada com o serviço, porque às vezes estou cheia de trabalho em casa e já cansada, (ainda com tantas visitas e reuniões da Igreja para cumprir), mas se não descuro o tempo que tenho para servir, então o Senhor dá-me a energia necessária para realizar tudo e, quando termino, fico com a sensação de que ainda tenho força para fazer qualquer coisa mais.
Um dos meus maiores testemunhos é o apoio aos líderes da Igreja. Das vezes que me permiti envolver em conversas e críticas negativas sobre alguns líderes, confesso que passei muito mal espiritualmente, perdi todo o desejo de servir e o pior de tudo foi que comecei a enfraquecer espiritualmente e a tornar-me apoiante das ideias dos homens, duvidando de tudo. Tornei-me frustrada e infeliz, desejando de novo sentir aquele espírito doce e suave que me envolvia nos momentos em que acreditava piamente na Igreja do Senhor. Sei que foi graças a esse desejo de voltar a acreditar que o Senhor estendeu o seu braço de Pai amoroso e me restabeleceu com mais força na Sua Igreja. Desde então tomei a decisão de que não voltaria a deixar que as coisas aparentemente inofensivas entrassem na minha mente, pois logo logo elas iriam tentar tomar posse do meu coração e, esse risco eu não quero correr outra vez.
É maravilhoso ter um testemunho da Igreja de Jesus Cristo S.U.D., é como navegar num mar calmo com um porto à vista, mesmo sabendo que há tantas provações a enfrentar.
Há uma estrofe num hino que costumo meditar constantemente "O Senhor meu pastor é, não me faltará, em verdes pastagens descanso me dá, por águas tranquilas me conduzirá, se ando errante me resgatará..."
Em nome de Jesus Cristo
Amén